Renda Extra Dólar fecha em alta, a R$ 5,22, maior valor desde fevereiro

Dólar fecha em alta, a R$ 5,22, maior valor desde fevereiro

Já o Ibovespa fechou em queda, chegando a recuar abaixo dos 98 mil pontos pela primeira vez desde novembro de 2020 

Reuters
Dólar fechou em alta de 0,97%, a R$ 5,2291, máxima desde 11 de fevereiro

Dólar fechou em alta de 0,97%, a R$ 5,2291, máxima desde 11 de fevereiro

Adriana Toffetti/ A7 Press/ Estadão Conteúdo - 24.04.2020

O dólar fechou no maior patamar em mais de quatro meses nesta quinta-feira (23), impulsionado por piora no sentimento global conforme a perspectiva de uma política monetária apertada nos Estados Unidos e temores de recessão, em meio ainda a receios fiscais domésticos.

A divisa norte-americana à vista abandonou perdas vistas durante a sessão para fechar em alta de 0,97%, a R$ 5,2291, máxima para encerramento desde 11 de fevereiro deste ano (R$ 5,2428). No pico do dia, o dólar chegou a avançar 1,10%, a R$ 5,2363.

Já o Ibovespa fechou em queda, chegando a recuar abaixo dos 98 mil pontos pela primeira vez desde novembro de 2020 no pior momento, pressionado particularmente pelas ações da Vale, que caíram mais de 3%.

Apesar da recuperação dos preços do minério de ferro nesta sessão, temores de uma recessão global continuam minando perspectivas sobre determinadas commodities e afetando a bolsa paulista, também enfraquecida por riscos domésticos.

Índice de referência no mercado acionário brasileiro, o Ibovespa caiu 1,4%, a 98.125,25 pontos, de acordo com dados preliminares. Na mínima, chegou a 97.775,07 pontos, menor nível intradia desde 4 de novembro de 2020.

O volume financeiro na sessão somava R$ 21 bilhões.

Últimas