Renda Extra Ibovespa tem maior queda do ano, e Petrobras desaba mais de 7% 

Ibovespa tem maior queda do ano, e Petrobras desaba mais de 7% 

Ações despencam após política de preços entrar no foco do governo, com a alta do barril de petróleo no mercado global  

Reuters
Ibovespa teve queda com aversão a risco provocada pela guerra

Ibovespa teve queda com aversão a risco provocada pela guerra

Amanda Perobelli/Reuters

O principal índice da bolsa brasileira teve a maior queda em 2022 nesta segunda-feira (7), acompanhando a queda vertiginosa das bolsas em Wall Street. Investidores temem uma inflação mais alta e estagnação econômica, após a disparada dos preços do petróleo aos maiores patamares desde 2008 por causa das sanções à Rússia.

As ações da Petrobras desabaram mais de 7% com a política de preços da estatal em foco, enquanto bancos também cederam. Vale ficou na ponta oposta, depois de nova sessão de ganhos do minério de ferro.

De acordo com dados preliminares, o Ibovespa caiu 2,91%, a 111.139,62 pontos, maior queda desde 26 de novembro. O volume financeiro foi de R$ 35 bilhõess.

Últimas